Curso de Teatro para Crianças!

14 ago

Meu cantinho de arte é o mundo todo, mas tem um que é pra lá de especial e está com novidade:

Vai ter curso novo de teatro pra criançada lá no meu espacinho de teatro! Que delícia!

O Curso acontecerá toda quinta-feira e é pra molecada de 7 a 12 anos!
Início da turma – dia 04 de Setembro.

E não é só isso! Ainda tem professor novo na área! uhuuul!!!

Mais informações na página do Teatro Livre!

Vai lá!

Pegadas

12 ago

A medida que o meu futuro se torna palpável, mais eu me identifico com o meu passado. Ele também se solidifica com uma velocidade alucinante, não mais esmagadora.

O asteroide das mudanças carrega consigo todos aqueles minerais necessários para a formação dos seres em rota de colisão. Comigo não seria diferente.

Daqui pra frente, minha trajetória é outra. O aparente peso de ser uma mulher se esvai com as ilusões e aos poucos meus olhos se desanuviam.

“É o tempo que se aproxima.”

- diz o ser crescente.

O tempo. Sempre ele.

Sempre bom.

Suas nossas cartas

6 ago

“Lembra daquela carta que você me enviou?”

Não. Desculpe, não lembro.
Eu não envio cartas comuns,
são presentes muito específicos para quem lê.

Tudo seu, sem mais eu, não mais meu.

De um prazer maior
surgem letras ajuntadinhas.
Delas surge todo um mundo criado
e especialmente esquecido
para ser só seu.

Minha inspiração é o teu reflexo.

Você.

Como eu, simples e ignorante,
lembraria de algo tão grande quanto as palavras,
mais suas do que minhas que agora escrevo?

A liberdade de escrever foi você quem me deu
no dia em que permitiu que eu te lesse por inteiro.

Sem pressa

11 jul

Se eu fosse boa me dava logo de presente. Mas ainda não, eu digo. Sou do tipo cachaça curtida. Logo viro um beberico saboroso e lhe dou um gole.
Sem pressa, ando repetindo. Assim a vida se acalma antes de ter eu que acalmar minha própria vida.
Enquanto isso vou dançando no meu canto solitário.
Sem tristeza. Sem pressa. Só curtindo.

sobre mim

11 jul

o melhor de não ter todas as respostas é poder fazer as perguntas que eu quiser!
sou um silêncio de dúvidas ambulantes.
e você?

30 jun

quebrei uma promessa:

fugi e não me arrependo.

dos três, éramos zero possibilidades de encontro.

vê-lo, senti-lo e ouvi-lo.

e apesar de querer todos,

decidi ficar em casa dançando.

sorrisos e passos e rodopios e eu.

quem vai me dizer que não valeu a pena?…

outra nota sobre o amor

17 jun

lembrando agora, eu fiz promessas. nós fizemos.

nós não somos mais nós e isso não me deixa mais infeliz como antes,

pelo contrário, me liberta. e isso já faz tanto tempo!

mas as músicas me fazem lembrar das dores,

das noites insones e também de sonhos, de mudanças.

hoje, ao olhar para o lado vazio da cama,

sinto que a porta e a janela se abrem…

…a luz voltou a entrar

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.